Plano de Saúde Empresarial ou Coletivo por Adesão. Qual fazer ?

Plano de Saúde Empresarial ou Coletivo por Adesão. Qual fazer ?

Os planos de saúde coletivos podem ser divididos em coletivo empresarial e coletivo por adesão.

Nos planos coletivos empresariais, os beneficiário estão vinculados à pessoa jurídica contratante por relação empregatícia ou estatutária;

Já nos planos coletivo por adesão, os beneficiários estão vinculados às pessoas jurídicas de caráter profissional, classista ou setorial.

Continue lendo este artigo e confira as vantagens oferecidas pelos planos coletivos. 

Planos Coletivos Empresariais e Coletivos por AdesãoPlano de Saúde Empresarial ou Coletivo por Adesão

  • É possível contratar apenas com a intermediação do empregador, associação ou sindicato;
  • Geralmente eles são mais baratos;
  • Não são regulados pela ANS;
  • Com relação a rescisão a imposição da ANS, é com relação à data de término do contrato: só pode acontecer no aniversário do contrato;
  • Existe a possibilidade de rescisão unilateral do contrato, e, no caso de contrato coletivo empresarial, as restrições relacionadas com o desligamento da empresa (demissão ou aposentadoria)

 

Fique atento aos riscos envolvidos 

Os  valores dos planos de saúde coletivos são, geralmente, mais baratos do que os planos individuais e os familiares e, portanto, têm atraído muitos clientes.

O número de planos de contrato coletivo tem crescido significativamente nos últimos anos.

No entanto, a escolha do plano coletivo envolve riscos, sobre os quais os consumidores não estão recebendo orientações nem pela ANS, nem pelas operadoras de planos de saúde.

O principal problema reside na omissão da ANS, que não regulam o reajuste do contrato coletivo, nem intervém no caso de rescisão unilateral do contrato pela seguradora.

Como consequência, existem várias situações do recorrentes á aumento abusivo.

Chegando a ser acima do índice de inflação, estabelecida pela ANS para os contratos individuais/familiares, e com  quebra de um contrato unilateral pelas empresas operadoras.

Também é necessário levar em conta que nem todos os planos coletivos são uma escolha possível, pois para contratá-los, é necessário um intermediário – o empregador, associação ou sindicato.

 

 

TEMOS O PLANO DE SAÚDE QUE VOCÊ PRECISA